domingo, 25 de janeiro de 2009

Férias e sofás maléficos!

Férias, parece que já foram há uma eternidade, mas não e ainda hoje estou a sofrer as consequências das mesmas. Qualquer aluno ou ex-aluno sabe que as férias têm um efeito devastador nas nossas mentes, pois é graças a esse período em que uma pessoa fica a pastelar no sofá, que a mente faz reset e perdemos grande informação que até lá tínhamos adquirido nas aulas. E é nesse instante em que se está numa aula e os professores perguntam: -Então não se lembram disto? E só se ouve um gri gri vindo da rua, acompanhado por um embróglio de palhas à moda dos antigos western. Tudo isto para perguntar porquê? Como é que 15 dias sem aulas têm um efeito tão estranho. Eu cá para mim é o sofá que é um telepata maléfico e que nos retira todas as ideias enquanto pastelamos, um efeito absorvente. Sendo que os mais antigos são piores, porque tornam-se desconfortáveis e uma pessoa pondera em sair de lá e em ir estudar( NOT!), mas os mais recentes são de tal modo confortáveis só para estarmos lá mais tempo e enquanto isso eles vão sugando a nossa incrível sabedoria. É a única hipótese credível que encontrei para o trauma-de-férias

2 comentários:

Angela disse...

Está tudo explicado.
O meu sofá tem 3 metros. Será o risco maior? É melhor criares um consultório virtual para responder a dúvidas. Como o diário sexual da Maria.

Anônimo disse...

A tua teoria é (bastante) engraçada, óh Diogo :D

Em vez de ficares nas férias a pastelar no sofá, porque não ires passear até ao Hospital mais próximo ? xD